O que é?

O que é?

SAGA é uma história em quadrinhos no melhor estilo space opera e com um toque de fantasia criada e escrita por Brian K. Vaughan e ilustrada por Fiona Staples. Publicada originalmente como uma revista mensal pela Image Comics, a série é fortemente influenciada por Star Wars, Flash Gordon e em ideias concebidas pelo próprio Vaughan quando ainda era criança (o autor revelou que a base da história foi criada durante as aulas de matemática, que ele odiava!). Frequentemente descrita pela crítica especializada como um “encontro entre Star Wars e Guerra dos Tronos”, SAGA nos conta a história de Alana e Marko, dois soldados em lados opostos numa longa e devastadora guerra intergaláctica que se apaixonam e lutam para garantir que Hazel, sua filha recém-nascida, continue viva. Mas é claro que isso não será nada fácil... Curiosamente, a história é narrada pelo bebê!

Seu primeiro arco de histórias foi bastante elogiado e publicado num só volume em outubro do mesmo ano e vendeu 120.000 exemplares, ficando na frente de campeões de venda como, por exemplo, The Walking Dead, um sucesso estrondoso!

O Volume 1 contém as edições #1 a #6.

Sinopse

Sinopse

O primeiro arco de história apresenta os protagonistas da série, Alana e Marko, dois amantes de planetas diferentes cujos povos estão em guerra entre si. Alana vem da tecnologicamente avançada Federação Aterriense, assim chamada em homenagem a Aterro, o maior planeta da galáxia, e Marko vem de Grinalda, o único satélite de Aterro, cujo povo domina as artes místicas. Porque a destruição de um dos mundos tiraria o outro de órbita, a guerra foi “terceirizada” para outras esferas.

Apesar de a paz ter sido restabelecida nos dois mundos de origem, o conflito se espalhou por todos os outros planetas conhecidos e suas espécies nativas se viram forçadas a escolher um lado. Como Aterro e Grinalda estavam em lados opostos, Alana e Marko se conheceram quando ela foi designada para vigiá-lo em uma prisão no planeta Fenda, depois de ele ter se tornado um prisioneiro de guerra.

Eles fugiram juntos doze horas depois desse primeiro encontro. No começo do primeiro capítulo da série, Alana dá à luz a filha deles, Hazel, que, frequentemente, narra a história. Logo em seguida, o trio é pego entre o fogo cruzado de equipes de cada um de seus mundos, que acabam massacrando uma à outra na tentativa de capturá-los. Uma chacina cuja culpa é atribuída ao casal.

Os seus respectivos povos não acreditam quando se dá a entender que os dois acasalaram voluntariamente e eles são perseguidos tanto pelos Grinaldenses quanto pelos Aterrienses, por causa da traição constatada dos dois fugitivos e, também, para evitar a divulgação da união de ambos, pois isso poderia prejudicar o moral de suas tropas. No planeta Aterro, o Príncipe Robô IV é escolhido pelo próprio pai para prendê-los e entra em atrito com sua contraparte de Grinalda, o mercenário conhecido como O Querer. O fantasma de uma garota morta chamada Izabel forma um elo com Hazel e os quatro fogem de Fenda antes de serem confrontado pelos pais de Marko.

Autores

Autores

Brian K. Vaughan é um roteirista americano de quadrinhos conhecido pelas séries Y: O Último Homem e Ex-Machina e também por ter escrito para o cultuado seriado de TV Lost. Já ganhou sete Eisners Awards (prêmio considerado o Oscar dos quadrinhos americanos) e é um dos autores mais consagrados do mundo das HQs. Também se destacam suas passagens como escritor nas séries de personagens famosos, como Batman, X-Men, Homem-Aranha, Mulher-Maravilha, Liga da Justiça, Lanterna Verde, além de trabalhos autorais como Os Escapistas (DEVIR Livraria), Fugitivos (Panini) e Os Leões de Bagdá (Panini). Este último recebeu o prêmio Harvey Awards de Melhor Graphic Novel em 2007.

Fiona Staples é uma artista canadense mais conhecida por seus trabalhos em DV8: Gods and Monsters e T.H.U.N.D.E.R. Agents. Ela foi escolhida para ilustrar SAGA pelo próprio Brian K. Vaughan, após a indicação do roteirista Steve Niles (30 Dias de Noite), um amigo em comum. O estilo marcante de seu traço lembra as técnicas usadas em desenho de animação convencional e seu colorido único e inconfundível traz influências de animês e videogames.

Prêmios

Prêmios

Eisner Awards em 2014:
• Melhor roteirista: Brian K. Vaughan
• Melhor Artista: Fiona staples
• Melhor série periódica

Eisner Awards em 2013:
• Melhor série periódica
• Melhor série nova
• Melhor roteirista: Brian K. Vaughan

Harvey Awards em 2013:
• Melhor Artista
• Melhor Colorista
• Melhor Série Nova
• Melhor Série Periódica
• Melhor História/Edição

Hugo Award em 2013 para Melhor História Gráfica

British Fantasy Award em 2013 para Melhor Graphic Novel

Uma Nova Coleção

Uma Nova Coleção

Este é o início, com o pé direito, de uma nova coleção de quadrinhos adultos que irá reunir algumas das séries mais aclamadas do segmento, em formato de luxo, capa dura e oversized.

Nos anos 90, surgia a Image, uma nova editora criada principalmente por artistas que ganharam fama na poderosa Marvel Comics, a principal editora de quadrinhos dos Estados Unidos da América.

Durante muito tempo, a Image teve seu sucesso ligado muito mais ao talento dos seus desenhistas do que ao dos seus argumentistas.

Com a chegada do século XXI os ventos empurraram um outro tipo de talento na direção da editora. Dessa vez, autores consagrados em títulos de outra poderosa editora, a DC Comics, à procura de novos caminhos para suas ideias.

Talvez motivados pela saída da lendária editora Karen Berger do comando do selo VERTIGO, esses talentosos órfãos encontraram a Image de portas abertas para seus projetos mais ousados e criativos.

O best-seller e premiadíssimo SAGA, de Brian K. Vaughan e Fiona Staples, será o primeiro lançamento dessa nova coleção, que trará os títulos mais inovadores da Image, incluindo, entre outros: Happy, de Grant Morrisson.

Mais motivos para ler SAGA?

É exatamente como Star Wars.

Saga é uma série de ficção científica que se passa numa galáxia cheia de magia e de monstros e também de naves espaciais e lasers.

Existe uma guerra entre o planeta Landfall, cujos habitantes tem asas nas costas, e sua lua Wreath, cujo povo tem chifres — e essa guerra tomou todo o universo.

Os heróis saem numa aventura que abrange vários mundos, participam de batalhas épicas, enfrentam nefastos caçadores de recompensas e um robô que os caça impiedosamente.