Alma_Blog

A Alma

A alma da gente é como massa de vidraceiro.

Os nossos sentimentos, os sentimentos que os outros provocam em nós, são a mão do vidraceiro.

Com o passar do tempo, esta massa seca e endurece progressivamente até o dia em que se quebra e nós morremos.

Nós somos um fluxo, como o sopro através de uma flauta, ou o sangue percorrendo nossas veias. A forma da nossa alma controla esse fluxo e a melodia gerada pela nossa circulação através de nossa alma é a nossa memória.

Douglas Quinta Reis
Um dos fundadores da Devir

Comentários

comments

0 comentários em “A AlmaComentar →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *